Dicas definitivas para você tratar a ejaculação precoce

A ejaculação precoce pode ser definida como a capacidade de não manter relações sexuais por mais de 5 minutos.

Muitos homens sofrem de ejaculação precoce e são incapazes de retardar sua ejaculação após a penetração.

Isso pode causar muita frustração em um casal.

Portanto, oferecemos tratamentos naturais que podem durar um mês, mas que permitirão a cura permanente da ejaculação precoce, mas também receitas caseiras que também podem ajudá-lo a lutar contra a ejaculação precoce e fraqueza sexual. 

O mundo da medicina sexual hoje define a ejaculação precoce como ocorrendo em menos de 1 minuto, em mais de 80%, e a ejaculação precoce adquirida (após um período em que a ejaculação normalmente ocorre) como um atraso reduzido. menos de 3 minutos para o PE adquirido. 

Falamos de ejaculação precoce ou ejaculação precoce, quando o homem não consegue controlar o momento de sua ejaculação e que ocorre muito rapidamente durante a relação sexual. 

Ele pode aparecer após alguns segundos ou no máximo 3 minutos. 

O tempo médio em que a ejaculação ocorre normalmente foi fixado em 8 minutos em média.

As causas da ejaculação precoce podem ser fisiológicas, mas também devido ao estresse.

Dicas e truques para lutar contra a ejaculação precoce

A primeira coisa a lutar contra a fraqueza sexual é:

Diálogo: é muito importante ter um diálogo dentro do casal e principalmente falar sobre isso para remover bloqueios e liberar sua mente.

Preservativos: existem vários preservativos que podem lutar contra a ejaculação precoce porque são anestésicos e previnem a hipersensibilidade da glande do pênis.

O que reduz o risco de fraqueza sexual.

Uma boa alimentação: é importante ter uma alimentação equilibrada, frutas e vegetais ricos em ômega 3 e ômega 6. Peixe é preferível.

Ejaculação: o que está acontecendo no corpo?

Geralmente ocorrendo durante o orgasmo masculino , a ejaculação consiste na emissão de um fluido biológico: o sêmen. Isso ocorre em duas etapas:

  1. O sêmen é emitido pelos diferentes órgãos sexuais (próstata, vesículas seminais). A entrada da bexiga então se fecha, para evitar a ejaculação retrógrada (quando o sêmen vai para a bexiga e não para o pênis).
  2. Haverá a expulsão brusca do esperma (emissão por jato) na saída do pênis.

Quanto ao tempo entre o início da relação sexual (com penetração) e a ejaculação, é em média 5 a 6 minutos na maioria das pessoas. 

Normalmente, a ejaculação ocorre, portanto, após a estimulação sexual por vários minutos e tem um volume de cerca de 5 mL (ou seja, uma colher de chá).

Quando falamos de ejaculação precoce?

A ejaculação precoce encontra uma definição precisa. Isso torna possível categorizar os pacientes que poderiam se beneficiar do tratamento. 

Esta disfunção sexual é caracterizada por:

  • ejaculação que ocorre todo ou na maior parte do tempo em menos de um minuto após a penetração desde a primeira relação sexual.;

ou

  • uma redução significativa no tempo antes da ejaculação e uma incapacidade de atrasá-la levando a repercussões pessoais negativas (sofrimento, frustração).

Esses dois tipos de ejaculação precoce são chamados de “ejaculação precoce primária” e “ejaculação precoce secundária”, respectivamente. 

Encontramos, portanto, a noção de tempo (que é baixo / diminuído), mas também a noção de descontrole da ejaculação, que é um critério importante.

Descubra: Por que o seu parceiro goza rápido?

Causas da ejaculação precoce

Como todos os outros mamíferos, os humanos são programados para ejacular rapidamente: este é um reflexo reprodutivo. 

O que o diferencia de outros mamíferos é sua capacidade de controlar o momento da ejaculação para fazer as travessuras durarem. 

Assim, a ejaculação precoce não é testemunha de uma disfunção fisiológica (é normal ejacular rapidamente). As causas são mais complexas.

Na maioria dos casos, esta patologia encontra uma causa psicológica:

  • Ansiedade de desempenho
  • Problemas de relacionamento conjugal
  • Falta de auto confiança
  • Eventos traumáticos de vida

Em algumas pessoas, pode haver fatores contribuintes:

  • Disfunção erétil
  • Infecção da próstata
  • Hipertireoidismo